TV GC

Secretaria de Agricultura realiza programa municipal de inseminação e entrega de nitrogênio em Palmitos

Conforme a veterinária, Cláudia Marth, uma das responsáveis pela ação, os matérias como: luva, bainha, as doses de sêmen e o nitrogênio, são distribuídos gratuitamente pela secretaria

Palmitos - 22/04/2021 10:37
Carregando Vídeo

Foi realizada na última terça-feira, dia 20 de abril, o Programa Municipal de Inseminação, desenvolvido pela Secretaria de Agricultura do município de Palmitos. Em entrevista à reportagem da TV Expresso, a veterinária, Cláudia Marth, uma das responsáveis pela ação, explicou sobre o programa.

Conforme Cláudia, este programa já vem sendo consolidado a vários anos em Palmitos, tendo por objetivo melhorar a qualidade genética do Plantel do município. “No começo, o programa havia sido desenvolvido apenas para bovinos de leite, mas com o passar do tempo, foi acrescentado também algumas raças de corte”, explica.

De acordo com a veterinária, uma vez por mês vem até o município um caminhão com nitrogênio, que é preciso para armazenagem segura dos sêmens distribuídos pela secretaria. “Nesse dia os agricultores aproveitam para pegar os materiais como: luva, bainha e as doses de sêmen, e junto, trazem botijões que serão usados com o nitrogênio, para armazenar das doses”, relata.

COMO PARTICIPAR

Segundo Cláudia, para o agricultor participar do programa, é preciso apresentar na secretaria, o Bloco de Produtor, que é o documento que vai comprovar se ele mora no município de Palmitos, e se ele tem renda aqui. “Após isso, o agricultor realiza seu cadastro, e informa quantos doses ele vai precisar para o ano. Lembrando, que os materiais e as doses são distribuídos gratuitamente pela secretaria de Agricultura”, destaca.

CERCA DE 18 MIL DOSES SÃO ENTREGUES ANUALMENTE

A veterinária explica que, anualmente são entregues cerca 18 mil doses de sêmen aos agricultores do município de Palmitos. “Entre esses sêmens as raças mais entregues são dos bovinos: Nelore Branco, Jersey e Holandês”, afirma.

Ainda segundo Cláudia, o nitrogênio é entregue uma vez ao mês, porém, as doses de sêmen são entregues diariamente, conforme a necessidade do agricultor. “Como vem um caminhão de fora trazer o nitrogênio, é pré-estabelecido um dia durante o mês, aí todos os produtores vêm aqui e trazem um botijão para abastecer. Já o sêmen, a luva e a bainha, se eles precisarem durante o decorrer do mês, eles podem estra vindo aqui na secretaria, que é entregue também”, finaliza.

Fotos – Ana Paula Costa

Fonte: Redação jornal Expresso d'Oeste
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business EXPRESSO D'OESTE (49) 99819 9356

Mais notícias