TV GC

Administração Municipal busca soluções para amenizar impactos da estiagem em Riqueza

Entre as soluções estão: entregas de água potável através de caminhão pipa, ampliação na rede de água e perfurações de poços em comunidades no interior

Riqueza - 14/05/2021 15:35
Carregando Vídeo

Nos últimos dias, a Administração Municipal de Riqueza decretou situação de emergência devido ao estado crítico de estiagem no município. Em entrevista à reportagem da TV Expresso, o prefeito, Renaldo Mueller, fala sobre as ações que estão sendo realizadas para tentar amenizar esses impactos.

Segundo o prefeito, a falta de água causada pela estiagem tem afetado principalmente o meio rural. “Estamos com uma dificuldade enorme principalmente com os nossos produtores, há falta de água, perda na produção de grãos, e também na diminuição da produção de leite. Claro, aqui na cidade também existe esse impacto, uma vez que entre 80% da nossa economia vem da agricultura”, relata.

AÇÕES

Renaldo comenta que, na área agrícola estão sendo realizadas entregas de água potável com um caminhão pipa. “Hoje são em torno de 28 a 30 famílias que estão sendo atendidas no interior com o caminhão, além disso, também estamos disponibilizando as máquinas para abertura de novas fontes de água nas propriedades, para que assim o produtor possa superar essa necessidade”, explica.

De acordo com o prefeito, já foi realizada também, uma licitação de ampliação na rede de água potável. “Nesses próximos dias deverá ser homologada a licitação para se iniciar a obra de ampliação da rede de água, que atenderá de 10 a 12 famílias que hoje estão tendo dificuldade com água, na comunidade de Linha São Pedro e Poço Torto”, conta.

Além dessas ações, a Administração Municipal pretende fazer a perfuração de mais 2 poços artesianos. “Nós também já temos licitado 2 poços artesianos para serem perfurados, uma na comunidade da Linha Sanga Forte, e outro na Linha Poço Torto. A gente tem notado que nessas comunidades há uma falta muito maior de água, porque ainda não tem o abastecimento através de rede, ou poço artesiano. Esperamos assim, que logo poderemos atender essas comunidades, e diminuir essas necessidades”, enfatiza.

ORIENTAÇÕES

Conforme Renaldo, é de suma importância que as pessoas façam uso da água com consciência. “Cada um tem que estar consciente, o problema tá na nossa porta, a água está cada vez mais escassa, então eu acho que devemos consumir somente o necessário e não esbanjar”, solicita.

O gestor municipal comenta ainda que, a cidade faz a captação de água do Rio Uruguai, mas que no momento, é notável a diminuição na corrente de água do mesmo. “Daqui a pouco pode estar acontecendo um racionamento no abastecimento de água, principalmente aqui na cidade que o abastecimento é feito pela Casan. Por isso é importante que todo mundo seja consciente no uso”, reforça.

AUXÍLIO PARA OS PRODUTORES RURAIS

Ainda segundo o prefeito, os produtores que necessitam de abastecimento de água podem estar se dirigindo até o setor de agricultura para solicitar ajuda. “Eles vêm na secretaria de agricultura, se faz uma inscrição e um pedido de necessidade de abastecimento de água, ou também, pode ser solicitado diretamente com o secretário do DMER, que trabalha em conjunto com as máquinas. Então quem precisar é só nos procurar, que a gente vai atender da melhor forma possível e conforme a necessidade”, finaliza.


Foto: TV Expresso – Entrevista com o prefeito do município de Riqueza – Renaldo Mueller.
Fonte: Ana Paula da Costa / Redação Tv Expresso
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business EXPRESSO D'OESTE (49) 99819 9356

Mais notícias